Logomarca

Rede de Hoteis Mato Grosso comemora 50 anos com boas perspectivas para o futuro

Da Redação - Isabela Mercuri

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Família da 'Rede de Hoteis Mato Grosso'

Família da 'Rede de Hoteis Mato Grosso'

A Rede de Hoteis Mato Grosso comemorou, na manhã desta sexta-feira (9), seu aniversário de 50 anos. Fundada por Antônio Ferraz de Oliveira e Maria de Lourdes Campos de Oliveira com apenas um hotel, a rede hoje conta com seis empreendimentos diferentes, e agrega quatro gerações da família.

Leia também:
Águas Quentes tem ofertas especiais para natal e ano novo até 15 de novembro

Lourdes de Oliveira Nigro, filha de Antônio e Maria de Lourdes, esteve no evento, e contou o que aprendeu com os pais, desde os quinze anos, quando já os ajudava no ‘Hotel Mato Grosso’, que existe até hoje. “São coisas que eu aprendi com um professor maravilhoso, que foi meu pai. E eu sei que ele conquistou com a paciência que ele tinha. Era a maior virtude dele. A paciência de ensinar, de conversar, de achar que tudo tinha hora de fazer, tudo tinha o momento certo. E isso ajudou bastante. E com a chegada do Leopoldo que nos complementou, porque o Leopoldo era do planejamento, gostava de planejar”, disse.




Lourdes (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)

Leopoldo é marido de Lourdes. Os dois criaram Luiz Carlos Nigro e Leopoldo Nigro Junior, que deram continuidade ao trabalho da família. “O sucesso da rede de hotéis foi, primeiramente, graças à união da família, a Deus, ao trabalho. Durante todo esse tempo a gente teve um trabalho harmonioso, e isso traz muita energia boa e traz os clientes pra Rede de Hoteis Mato Grosso, não só pelo simples padrão de qualidade, mas o serviço que é prestado por todos os colaboradores que tem o prazer em servir. A maior satisfação nossa é a satisfação do cliente, é o reconhecimento do cliente, o sucesso do evento ou da hospedagem no hotel”, afirmou Leopoldo ao Olhar Conceito.

“A gente não é uma rede que veio com padrões pré estabelecidos mundiais ou nacionais. Nós somos uma rede regional que conhece as necessidades e desejos dos próprios clientes, e estamos sempre nos adequando às necessidades, às mudanças que hoje são muitas mudanças de prioridades, com esse ritmo acelerado de mudança, e também que a gente não tem produto padronizado, a gente é muito flexível, se adapta à necessidade do cliente. Então você vê que somos seis hotéis, com características em localizações totalmente diferentes, e se é um evento pra presidente da empresa, se é pro pessoal de chão de fábrica, de lazer, treinamento outdoor, pra todo esse tipo de necessidade a gente tem esse leque de opções pra atender”, completou.


Leopoldo (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)

Atualmente, a Rede conta com o Hotel Mato Grosso, Mato Grosso Palace Hotel, Hotel Mato Grosso Águas Quentes, Pantanal Mato Grosso Hotel, Paiaguás Palace Hotel e Hotel Fazenda Mato Grosso. No total, são 620 apartamentos e mais de 300 funcionários, sendo que alguns deles estão na empresa desde o início.

“É como se fosse uma grande família. E [tem o] planejamento, organização, respeito, seriedade, são pontos importantes pra que a gente tenha esses 50 anos de sucesso”, afirmou Luiz Carlos Nigro, que nos últimos anos esteve à frente da pasta de Secretaria Adjunta de Turismo, no governo Taques. Agora, ele retorna à rede da família. “O aprendizado no governo foi muito importante. O principal que eu vou poder usar é que eu conheci os caminhos dentro do governo pra poder executar projetos, aprovar projetos, o trâmite burocrático pra criação de um projeto dentro do governo. Isso vai ser muito utilizado por nós, pelo trade, pra poder lançar novas ideias, novos projetos. E eu acredito que mesmo afastado da Secretaria de Turismo, nós como trade turístico também vamos estar muito interessados na continuidade de muitos projetos. E vamos estar sempre participando junto com outros governos pra que esse produto nosso cresça, que é o turismo do estado de Mato Grosso, um produto sem igual, um produto maravilhoso, que a gente pode gerar emprego e renda pra toda população do estado. você vê o exemplo que a gente dá do nordeste mesmo, Gramado, Canela, São Paulo, o sul do país cresceu muito com o turismo, e nós temos muito mais produtos que o sul do país. Muitas cidades podem crescer muito mais e gerar emprego e renda pra população”.


Luiz Carlos Nigro (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)

Para o futuro, a família conta com a chegada da nova geração. Janaína Nigro, 23 e Camila Nigro, 21, filhas de Luiz Carlos, acabaram de chegar de Washington, onde estudaram administração e finanças, respectivamente. Janaína ainda teve a oportunidade de trabalhar na rede de hotéis Sheraton, e pretende trazer a experiência para o dia a dia na empresa da família. “Desde pequeninha a gente sempre ajudou no hotel, a gente vinha no final de semana, ajudava a contar ficha de evento, ajudava em tudo. Fomos pra fora pra ter uma educação melhor do que aqui, e agora estamos voltando pra ajudar. (...) Quando eu estava lá fora eu aprendi bastante, eu vi como é trabalhar em um hotel de um ponto [de vista] diferente do que aqui. Porque aqui eu trabalho junto com minha família que é dona. Lá eu trabalhei como funcionária mesmo, e é bem diferente, eu aprendi bastante. Vi esse outro lado que é diferente”, disse. O primo delas, Pedro Henrique Nigro, filho de Leopoldo, está no Canadá estudando, mas volta em fevereiro e também pretende integrar o time.


Janaína Nigro (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)

Após um período de recessão pós-Copa do Mundo, o time está com boas expectativas para os próximos anos. “Hoje Mato Grosso tem um potencial muito grande de recuperação, o dobro da média nacional, e já estamos conseguindo voltar o mercado a conseguir o mínimo de ocupação. Não está bom ainda, mas saímos da fase crítica e está dando o mínimo de sustentabilidade pra empresa”, afirmou Leopoldo. “Sentimos no segundo semestre de 2018 o otimismo voltando no mercado. Empresas de construção civil, empresas de treinamento, empresas de comércio, varejo, todas bem otimistas e falando em investimentos em Mato Grosso, como nós também falamos em investimentos da rede de hotéis, em novas estruturas, e tenho certeza que 2019 e 2020 vai retornar aos níveis de 2012 e 2013 nos hotéis”. Para 2019, a Rede já planeja 33 novas vagas de garagem no Mato Grosso Palace, e um edifício garagem com cinco andares para garagem e mais dois para eventos, ao lado do Hotel Paiaguás.


PUBLICADA EM: 12/11/2018 15:34:56 | OUTRAS NOTÍCIAS FONTE: Olhar Direto MT

Busca de pacotes

Pousadas em Chapada

As melhores opções de hospedagem com todo conforto que você precisa em Chapada!

Pousadas no Pantanal

As melhores opções você encontra aqui, reserve agora!