Logomarca

Plano de Marketing do Pantanal é tema de audiência pública

O Plano é composto por cinco etapas e a audiência marca a 2ª delas que valerá para legitimar o diagnóstico realizado com informações sobre regiões

Reprodução

 

DA REDAÇÃO 

A adjunta de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) realiza no dia 30 de maio, às 14h, no Hotel Fazenda Mato Grosso, uma audiência pública para discutir a validação do Plano de Marketing do Pantanal.

 

Na ocasião, a empresa que venceu o processo licitatório para realizar o estudo que dará origem ao Plano, fará uma apresentação de todos os dados levantados recentemente.

A contratação se deu por meio de um convênio firmado pelo Ministério do Turismo com a Sedec, feita com recurso federal.

 

Ao todo, o Plano é composto por cinco etapas e a audiência marca a 2ª delas que valerá para legitimar o diagnóstico realizado com informações sobre regiões, seus atrativos, questões como acessibilidade, infraestrutura, identificação de possíveis produtos e potenciais de promoção turística, rede hoteleira e outros.

 

Para esclarecer um dos pontos abordados, o superintendente de Políticas do Turismo da Sedec, Robson Quintino explica a diferença entre potencial e produto turístico. “Muita gente confunde os dois, mas, quando falamos em potencial o exemplo é aquele local que possui um atrativo, pode ser uma cachoeira, uma trilha, uma caverna antiga, um vilarejo histórico, mas que não dispõe de estrutura para o turismo, com acomodação ou infraestrutura de serviços. Por outro lado, o produto é algo mais concreto, pronto para ser comercializado aos turistas”.

 

Conforme o adjunto de Turismo, Jaime Okamura, esta audiência pública é de suma importância para dar prosseguimento ao Plano, porque vai trazer à tona informações valiosas que poderão ser acessadas e discutidas amplamente pela sociedade. “Queremos convidar a todos os interessados, trade turístico, estudantes, acadêmicos, empresários. O bioma Pantanal é tão singular que merece um planejamento estratégico para que possa se desenvolver como destino turístico, de forma sustentável, sem grandes impactos”, observa.

 

A Pires e Associados, que venceu a licitação, é uma empresa catarinense dedicada ao turismo de negócio e de eventos que presta consultoria para diversas entidades no desenvolvimento de projetos por meio de estudos, pesquisas, levantamento de dados, visando o fortalecimento estratégico do turismo.


PUBLICADA EM: 28/05/2018 17:16:57 | OUTRAS NOTÍCIAS FONTE: MidiaNews

Busca de pacotes

Pousadas em Chapada

As melhores opções de hospedagem com todo conforto que você precisa em Chapada!

Pousadas no Pantanal

As melhores opções você encontra aqui, reserve agora!